Movimento aprova o indicativo de Greve

O movimento em prol da Polícia Civil, que contou com a participação de centenas de policiais civis de todo o Estado de São Paulo, aprovou o indicativo de greve.

O movimento também contou com a participação de outras entidades da Polícia Civil do Brasil e de diversas regiões do Estado de São Paulo.

A partir de agora devemos seguir um cronograma, a fim de dar legalidade a uma futura greve, respaldando todos os policiais que aderirem ao movimento.

No próximo dia 05/07/2013, faremos uma assembleia geral unificada, com a participação de todas as categorias que queiram aderir ao movimento, para definirmos uma pauta única de reivindicação.

O local desta assembleia ainda não foi definido, já que esta assembleia estará aberta para todos os policiais civis que queiram participar, sendo certo que o local será amplamente informado no momento oportuno.

Após a realização da Assembleia Geral Extraordinária unificada, daremos prosseguimento ao movimento, na tentativa de negociarmos as melhorias pretendidas, encaminhando ao Governo a pauta única aprovada.

O cronograma do movimento segue abaixo para o conhecimento da classe policial civil.

A PARTICIPAÇÃO DE TODOS É DE SUMA IMPORTÂNCIA PARA A FORÇA DO NOSSO MOVIMENTO.

COMPAREÇAM NA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA NO DIA 05 DE JULHO E TRAGAM MAIS UM COMPANHEIRO POLICIAL!

A Diretoria

 

CRONOGRAMA

DIA 05 DE JULHO (SEXTA-FEIRA) – Assembleia Geral Extraordinária e Unificada, aberta a todos os representantes classistas da segurança pública que dela queiram participar e todos os policiais civis.
Local: A ser definido
Objetivo: Criar uma pauta única que contemple as necessidades das carreiras.

DIA 08 DE JULHO (SEGUNDA-FEIRA) – Encaminhamento da pauta única ao Governo para abertura das negociações, que terá até o dia 31 DE JULHO(QUARTA-FEIRA) para nos atender.

DIA 31 DE JULHO(QUARTA-FEIRA) – Término do prazo dado ao Governo para abertura das negociações.

DIA 01 DE AGOSTO (QUINTA-FEIRA) – Comunicação à JUSTIÇA da omissão do Governo com relação às nossas reivindicações, já em estado de greve.

OUTRAS DATAS – Outros Movimentos serão comunicados, inclusive com a marcha ao Palácio no dia 16 DE OUTUBRO.